4 razões para Criar um Site Institucional em WordPress

08_etiquette_coffee_shop_etiquette_need_change_suit_Todor-Tsvetkov.jpg

 

Se sua empresa está pensando em refazer seu site ou fazer um do zero?

Como escolher que plataforma usar?

Com certeza você já ouviu falar de Wix, bombando de publicidade especialmente no youtube.

Mas tem outras plataformas como WordPress, Joomla, Drupal.

Veja porque precisa criar um Site em WordPress

E se o seu site é um ecommerce, você pode pensar em plataformas já desenvolvidas para seu fim.

As mais conhecidas são woocommerce (integrada no wordpress), MagentoVtex (incluindo Loja IntegradaXtech, ambas desenvolvidas na base do Vtex).

Mas, caso o seu site seja puramente institucional, sem ser ecommerce, como escolher?

Já vimos em outro artigo que dependendo da maturidade da sua atividade o mais fácil é escolher entre Wix e WordPress.

Agora vamos ver especificamente 4 razões para investir em wordpress, considerando que sua empresa já tenha um nível de maturidade que vai além da situação de freelancer ou que você tenha algum conhecimento de programação.

Aqui vão 4 razões para considerar montar o site na plataforma WordPress.

1. Flexibilidade

WordPress foi concedido para Blogueiros.

No entanto, ao contrário do que se imagina, um site montado em WordPress não precisa necessariamente ter cara de Blog. O WordPress pode ser customizado até parecer-se com o que você quiser.

No começo, sem se perder muito tempo nas questões de design e estrutura, você pode comprar um tema pronto, já desenvolvido para seu segmento, e adaptá-lo à sua identidade, suas fotos, seu perfil.

WordPress é uma plataforma de código aberto, isso significa que ninguém é dono do código, assim você não fica preso com o programador que contratou para desenvolvê-lo. Coisa que acontece se seu site é feito em HTML puro.

O fato de ser em código aberto (open source),permite de ter um site modular. Isso significa que você pode começar com um site básico e ir incrementando funções e seções através de plug-inque são de fato a fortuna do wordpress e de quem programa em wordpress.

Só tenha um cuidado, um plugin nada mais é que um código amais no seu site, então sem um bom controle o seu site poderia ficar mais pesado e demorar a carregar. E este é um fator negativo para fim de SEO.

 

2. Baixo custo –

o WordPress já vem com um administrador de conteúdo embutido, um CMS (content management system).

Comprando um tema pronto e seguindo alguns tutoriais gratuitos no youtubue, não há necessidade de contratar-se um time de programação para montar-se um.

O único custo que você terá é o de customização do CSS (cascade style sheet), o que é aquela parte do site que codifica a estética (cores, tamanhos, fontes, etc).

Caso não tenha conhecimento de programação, existem agências ou consultores que podem montar um seu site em wordpress com custos que vão desde R$ 2,900 até R$ 10,000 dependendo da complexidade.

Minha sugestão é que se você não tem já uma boa quantidade de conteúdos a publicar, é melhor começar com um site simples em wordpress, comprando um tema pronto (desde 0 US$ até 50 US$), com 5 – 10 páginas.

Ai você poderá aumentar a quantidade de páginas e conteúdos conforme for sentindo a necessidade.

3. Fácil de atualizar

O administrador de conteúdo que já vem embutidopor trás de um site em WordPress é – justamente – o WordPress, uma ferramenta familiar a qualquer pessoa que possua um mínimo de conhecimentos web.

Importante destacar que o wordpress é a plataforma mais conhecida e popular no mundo.

Assim, caso precise de uma ajuda, não vai ser difícil encontrar alguém que tenha familiaridade com ele e que possa te ajudar nas atualizações que você precisa.

4. Otimização de Sites

O WordPress é uma ferramenta que foi construída já levando em consideração o mundo de SEO e e da otimização de sites.

Especificamente para isso, é bom instalar o pluginYoast que vai te orientar na otimização de todas as páginas e posts do seu Blog, usando como base as palavras chave pelas quais você quer otimizar seu site.

Muitos plugin são gratuitos, diria todos os plugin que você precisa na fase inicial, são gratuitos.

Entre eles os mais importantes:

  1. yoast para otimização – SEO
  2. contact Form 7 – para criar formulários de contato
  3. Slider Revolution ou Visual Composer – para personalização do visual do seu tema, mesmo após a entrega.

Claramente não pense que o uso perfeito do Yoast vai ser suficiente para ter um site otimizado.

Um projeto de otimização passa por várias fases e várias vertentes de complexidade, tanto on-page (ações de SEO no site), quanto off-page (tarefas de otimização fora do site).

Conclusão

Lógico que existem outras boas razões para um site ser construído em outras ferramentas, e que outras ferramentas possuem várias das vantagens acima também.

Mas o objetivo aqui foi salientar que o WordPress é uma das boas opções para a construção de um site, com baixo custo.

Quando tiver um negócio redondo que requeira um nível de complexidade maior, só então você poderá escolher de alterar para um sistema personalizado.

Você já tem experiência com wordpress? Compartilhe aqui nos comentários.

 

*Gerenciamento de Mídias Sociais, Site, SEO & Google | Solicite seu orçamento: (19) 3849-2997 | (19) 99894.9388 wts | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Anúncios

O que é Market Place?

B2B.png

É possível comprar e vender pela internet de inúmeras e diferentes formas. Uma dessas formas, que ganhou bastante destaque nos últimos anos, ocorre pelo Marketplace, um espaço de comércio online que é abastecido de forma colaborativa, no qual diversas empresas vendem produtos ou serviços como se estivessem em um verdadeiro shopping virtual . O Marketplace possui dois níveis de acesso: para lojistas e para clientes. Os lojistas conseguem colocar os produtos à disposição, precificá-los e detalhá-los. Já os clientes podem realizar suas compras e, dependendo do portal, podem até mesmo ler avaliações e classificar o produto. Esse método de venda exige uma colaboração entre o comerciante e o portal, que passam a agir como parceiros.

Essa parceria pode ser negociada por: • Mensalidade; • Percentual sobre as vendas; • Ambos os modos.

Segundo a E-bit, os Marketplaces brasileiros movimentam mais de 30% do comércio online tradicional. Além disso, esse tipo de comércio aumenta a visibilidade da marca nas buscas orgânicas, pois está vinculada a uma plataforma já consolidada. Portanto, quanto melhor for a qualificação da sua marca nos Marketplaces, maior será o seu destaque nos sites de buscas. Os Marketplaces podem ser divididos em três grandes categorias: Massa, Nicho e Boutique. Encontrar o Marketplace correto para um varejista virtual é o primeiro passo para o sucesso de vendas, por isso é importante que você os conheça e encontre o que melhor se adapta ao seu negócio. • Massa: grandes portais que têm um amplo catálogo de produtos e prezam pela profundidade e variedade de estoque. São eles Walmart, Submarino, Mercado Livre e Extra. Recomenda-se que esses sites façam parte da estratégia de vendas de todo e qualquer varejista virtual, pois representa mais uma porta de entrada para vendas e novos consumidores. • Nicho: modelos de Marketplace mais segmentados, em que os varejistas encontram menos competição e acabam elevando a margem de preço de seus produtos, ao exemplo de Enjoei e Elo7. No caso do Enjoei é possível comercializar produtos vintage e buscar um público mais descolado. Já o Elo7 busca clientes que procuram produtos artesanais de produtores locais. • Boutique: os varejistas oferecem produtos exclusivos e de alto valor agregado. O relacionamento com os clientes é maior neste modelo de Marketplace, porém pode haver limitação de vendas e restrição da variedade de produtos oferecidos. Um exemplo é o Marketplace de moda Farfetch. Se a internet é conhecida como o “novo centro comercial”, o Marketplace, com tantas opções, pode ser considerado o “novo shopping”.

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Conheça o UniAgenda,uma ferramenta que agiliza a Gestão do seu Negocio e Agendamento!

O UniAgenda é uma ferramenta online para ajudar prestadores e profissionais liberais a garantir o controle sobre horários agendados e profissionalizar o sistema de atendimento.

O UniAgenda agiliza a gestão do seu negocio através de feramentas fáceis e poderosas

print-agenda

 

 

Como o UniAgenda pode ajudar o seu negócio?

O UniAgenda é um conjunto de ferramentas online para prestadores de serviço que tem como principal objetivo garantir o controle sobre horários agendados e profissionalizar o sistema de atendimento.

1. Seu site na Internet

O primeiro passo para o seu negócio ser bem sucedido na Internet é ter um website profissional. O seu cliente precisar acessar um site atraente, onde se sinta confortável e seguro, com as informações necessárias para convencê-lo a contratar os seus serviços e além de tudo, fácil de usar. Nós podemos ajudá-lo com isso.

2. Seu próprio sistema de Agendamento

Diga adeus ao “caderninho” todo riscado e confuso. Com o UniAgenda, seus clientes poderão agendar seus serviços diretamente no seu site, seja através de um computador, por telefone ou via aplicativos para celular, com pagamento online e lembretes via SMS. Seu caderninho vai chorar de inveja.

3. Gestão online de seu negócio

Gestão online de seu negócio. Tudo o que você precisa para gerenciar o seu negócio, o sistema de agendamentos, controle financeiro, comissões, encaixes, reagendamentos, base de clientes, etc. está na Internet. Não é necessário instalar programas ultrapassados em seu computador, se preocupar com vírus, atualizações e manutenção dos equipamentos. A nossa “nuvem” está ao seu dispor.

 

4. O mundo é móvel e acessível

Com nossos aplicativos para smartphones e tablets, nem mesmo de computador você precisará para gerenciar seu negócio com o UniAgenda. Os seus clientes também se beneficiarão das facilidades de agendamento e lembretes por telefone e SMS.
O mundo já é móvel, e a sua empresa?

 

Qual o reflexo disso tudo em seu negócio?

Com a suite de serviços do UniAgenda. Com empresário tem uma melhor compreensão do perfil de sua agenda e uma visão mais detalhada dos atendimentos feitos em sua empresa.

 

1. Mantém seu foco no mais importante

“O que engorda o gado é o olho do fazendeiro”, disso todo mundo sabe, não é? Ao utilizar nossa suíte de aplicativos dedicada a otimizar os seus processos de gestão, você pode cuidar do que realmente é importante: seu serviço e seus clientes.
O nosso negócio é fazer o seu negócio prosperar.

 

2. Diminui seus custos

Nós lhe oferecemos uma suíte completa de aplicativos por um valor muito baixo comparado ao custo de implementar sua própria estrutura, contratar os profissionais dedicados, dar manutenção tecnológica e suporte aos seus clientes. Além disso reduzimos custos com remarcações e cancelamentos, controlamos melhor suas comissões e pagamentos.

3. Aumenta sua receita

Através de um controle de encaixe inteligente, suas perdas de receita por remarcações e cancelamentos cairão em média 25%. Além de melhorar o gerenciamento de agenda, com lembretes e alertas, sua base de clientes aumenta, incrementando também o seu faturamento.

 

4.  Mantém o seu cliente feliz

Cliente feliz e satisfeito, que se sente bem tratado e bem atendido, que possui opções diversas e facilitadas para ser atendido, que percebe o cuidado com que estamos cuidando dos seus compromissos, volta sempre e ainda leva mais clientes.

 

Por que usar o UniAgenda?

 

Foco no seu negócio Nosso sistema simplifica e organiza seu dia-a-dia permitindo que você mantenha o foco nos seus serviços.

Gestão facilitada Controle de comissões, financeiro, encaixes, atendimentos, expedientes, relacionamento com clientes, etc.

Aumento de receita Apenas os alertas e controle de encaixes podem fazer sua receita crescer aproximadamente 10%!

Seu negócio online Site na Internet, pagamento online, redes sociais e vários aplicativos disponíveis para iPhone e Android.

Automatização Alertas e lembretes de agendamentos, contas a pagar, controle de estoque, pesquisa de satisfação, entre outros.

 

Planos e Preços

O SuperAgendador.Com possui um ótimo custo x benefício, com planos adaptados às suas necessidades, do tamanho certo para sua empresa e seu bolso.

PLANO ANUALATÉ 36% OFF PLANO SEMESTRAL ATÉ 26% OFF PLANO MENSAL

 

preço.png

O que está incluso no seu plano?

  •  Sistema online de gestão
  •  Site exclusivo para seu negócio
  •  Aplicativo para celular e tablet
  •  Pagamento 100% online
  •  Sistema de agendamento
  •  Gestão financeira
  •  Controle inteligente de encaixes
  •  Lembretes e alertas de agenda
  •  Atendimento telefônico

 

 

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

 

Guia para utilização de texto nas imagens de anúncios do Facebook e Instagram

Captura-de-pantalla-2015-02-08-17.51.09.png

Guia para utilização de texto nas imagens de anúncios

Introdução

Anteriormente, se 20% da área de uma imagem fosse texto, ela não seria aprovada para veiculação no Facebook, no Instagram ou na Rede de Públicos. Apesar de ainda preferirmos o mínimo de texto, adotamos um novo sistema que permite a veiculação de anúncios que teriam sido rejeitados na política anterior. No novo sistema, os anúncios com maior quantidade de texto receberão menos ou nenhuma veiculação (a menos que apliquemos uma exceção). Use a ferramenta de sobreposição de texto para saber se o alcance do seu anúncio pode ser reduzido por causa do excesso de texto sobre a imagem, antes de veicular o anúncio.

A inclusão de uma imagem relevante de seu produto ou serviço pode ser um dos fatores mais importantes para determinar o sucesso de seus anúncios do Facebook. Se você usar imagens, procure incluir o mínimo de texto possível na própria imagem. Ao usar texto em seu anúncio, recomendamos a inclusão dele na publicação, e não na imagem. Nossa pesquisa revelou que as pessoas preferem ver anúncios com um mínimo de texto na imagem.

Dicas

  • Se precisar incluir texto na imagem, procure reduzir o tamanho da fonte do texto.
  • Faça com que maior parte do texto que usar fique na caixa de texto e não diretamente sobre a imagem do anúncio.
  • Evite espalhar o texto por toda a imagem.

Exemplos de sobreposição de texto nos anúncios

Os anúncios do Facebook que contêm imagens com pouco ou nenhum texto costumam custar menos e ter umaveiculação melhor do que os anúncios com texto na imagem.

O texto da imagem pode se enquadrar em uma dentre 4 categorias:

Mais exemplos visuais

Exceções

Nosso sistema identificará automaticamente se o seu anúncio se qualifica para uma exceção. Não é possível se inscrever manualmente para uma exceção.

Entendemos que, às vezes, você precisará usar uma imagem com um produto baseado em texto no seu anúncio (caligrafia, infográficos, pôsteres de filmes etc.). Sua imagem pode ser automaticamente qualificada para uma exceção.

Observação: Nas imagens de produtos, não permitimos imagens muito próximas ou ampliadas de logotipos. Sua imagem deve apresentar todo o produto.

Observação: textos legais, como termos e condições, também contam como exceção (uma vez que se aplicam ao produto no seu anúncio).

Veja alguns exemplos abaixo para entender alguns tipos de texto que não limitarão a veiculação:

  • Capas de livros

  • Imagens de produtos

O que não é permitido em minha imagem? (conta como texto)

  • Logotipos – Qualquer logotipo baseado em texto será contado como texto, seja qual for o tamanho ou o alinhamento
  • Marca d’água – Marcas d’água são consideradas como texto, mesmo que sejam obrigatórias ou de acordo com as diretrizes da marca
  • Números – Todos os números são considerados texto

Saiba como solucionar outros fatores que causam a veiculação abaixo do esperado.

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp|www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Estratégia de Marketing Digital: Imprescindível para atingir os melhores resultados

estrategias-de-marketing-digital-no-comercio-eletronico-745x410.png

Quando se trata de gerar tráfego, muito se fala sobre conteúdo de qualidade, backlinks e outros aspectos do SEO. Essas etapas são todas fundamentais. No entanto, elas não atingirão o seu máximo potencial de performance se não existir um trabalho estratégico de marketing digital antes de tudo isso. Parece óbvio, não é? Mas muita gente ainda ignora essa fase de análise estratégica.

Atualmente existe muito conteúdo online sobre como gerar tráfego e fazer SEO, e uma porção de pessoas – da área de marketing digital e também de outras áreas – consomem esses conteúdos e saem aplicando como se isso fosse suficiente por si só.

Então quer dizer que o simples fato de descobrir a palavra-chave cauda longa ideal e saber escrever um bom conteúdo é o suficiente? Na maioria dos casos, infelizmente não. E nessa sede de escrever um conteúdo maravilhoso, alguns sites e blogs acabam se esquecendo do próprio leitor.

Mas para que serve um conteúdo maravilhoso se seus leitores não conseguem encontrá-lo na web? E se eles encontrarem o seu post, mas não tiverem interesse em lê-lo? E se eles lerem o seu post, isso significa que estão mais propensos a comprar o seu produto, entrar em contato com você ou voltar a visitar o seu site? E como garantir que você está fazendo o máximo para minimizar todos esses problemas?

Calma. Não é tão difícil assim, e muitos gestores já vêm fazendo isso há muito tempo. O que você precisa fazer é começar a tratar o seu site e suas páginas como se fossem seus produtos.

Sim. O seu site e o seu conteúdo não deixam de ser um produto seu, como qualquer outro produto de sua empresa. Sendo assim, é essencial fazer o estudo estratégico, planejamento, execução, e divulgação desse conteúdo, para poder colher e, principalmente, mensurar ótimos resultados depois.

estrategia-de-marketing-digital.jpg

Planejamento Estratégico de Marketing Digital

Neste post vamos falar especificamente da parte de Planejamento Estratégico. Caminhe conosco por entre todas as etapas necessárias dessa fase de planejamento e saiba por que elas são essenciais para a execução.

Análise de Benchmarking

A primeira fase do planejamento estratégico digital consiste em conhecer a sua concorrência, saber o que existe lá fora, para entender o que funciona e o que não funciona para o seu público alvo.

A análise de benchmarking vai ser útil para que você possa planejar e fazer ainda melhor do que a concorrência, ou mesmo procurar um espacinho azul neste oceano de competidores, ou seja, procurar ou inventar um local sem – ou ao menos com não tanta – concorrência. Esse espaço pode ser um mercado novo ou mais inovador, com melhores prestações de serviços, melhor atendimento ao cliente, algo que seja mais a frente da concorrência, mesmo sabendo que é um desafio muito grande no atual cenário online.

Definição de Objetivos

Se você está colocando todo esse esforço em construir um ambiente online e construir uma audiência, provavelmente você possui um objetivo bem claro sobre o que quer atingir com isso. Seu site ou blog não deixam de ser canais de comunicação, e saber qual é a função desse canal, para que ele existe, e o que você espera dele é essencial para que seu objetivo seja bem estabelecido.

E não basta saber qual é este objetivo. Precisamos escrevê-lo para manter o foco e a disciplina e, em alguns casos, destrinchá-lo em alguns objetivos menores – objetivos para o curto, médio e longo prazo, mesmo que esse longo prazo para você seja 12 meses. Só assim, você conseguirá saber se o seu site ou blog está trazendo resultados ou não.

Qual é o objetivo maior de seu site ou blog? É vender algum item? É receber mais formulários de contato? É criar consciência de marca? Não se esqueça de especificá-lo o máximo possível.

Se o seu objetivo for melhorar a consciência de marca, especifique qual exatamente é a consciência de marca que você deseja criar. É possível que você já tenha essa parte do estudo realizada. Você pode tomar como base a estratégia institucional da sua empresa, e a consciência de marca já adquirida pelo seu público que já consome nas lojas ou no mundo offline em geral.

Lembre-se que tudo o que você fizer no site será planejado de forma a conduzir ao alcance deste objetivo.

Definição da Persona

Agora que você já sabe o que seus concorrentes estão fazendo e qual é o seu objetivo, podemos partir para o terceiro passo do planejamento de marketing digital, que é definir quem é a persona que você quer atingir.

A persona é uma espécie de personagem fictício que poderia representar um consumidor real para o seu site ou blog. Se você tiver um estudo de segmentação e posicionamento da sua empresa, ele será muito útil nesta hora. A intenção aqui é criar indivíduos, que chamamos de “personas”, que representarão o seu mercado alvo. Normalmente cria-se entre 3 a 5 personas diferentes.

O grande objetivo dessa fase é tentar entender a fundo as características desses indivíduos, seu estilo de vida e suas motivações pessoais, para que possamos conversar com eles da forma mais adequada e personalizada. Procure entender a dor da persona, suas necessidades, desejos e estilo de vida. Pense em como essa pessoa age e se sente ao passar pelas diferentes etapas do funil de conversão de marketing. Você usará este estudo para estruturar seus conteúdos no futuro.

Mas como definir a persona? Recomendamos um estudo profundo de como construir essas personas, mas deixamos aqui alguns tópicos que não podem faltar na hora desse estudo.

1º – Defina um nome para a persona, idade, estado civil, cidade onde mora e outros dados demográficos
2º – Tente se colocar no lugar dessa pessoa e responder: qual seria o objetivo de vida dessa persona? Quais são os valores? Quais são os hobbies e atividades que ela pratica? Quais são os medos e receios? Como ela se vê no futuro? Qual é seu estilo de vida?
3º – Defina quais são as necessidades e problemas dessa persona ao passar pelas seguintes fases do processo decisório:
Descoberta do problema,
Busca de soluções,
Avaliação das alternativas
Decisão final para solução do problema dela.

Pronto. Agora você já está íntimo da sua persona e já pode planejar o conteúdo com toda a empatia e simpatia em relação a ela.

Definição de Métricas

Para identificar se você está conseguindo atingir o seu objetivo ou não, você precisará definir muito bem quais são as métricas a serem usadas e as metas a serem atingidas.

Por exemplo, se o seu objetivo está relacionado a divulgação de marca, sua intenção é expor o site ao maior número possível de pessoas dentro do seu mercado-alvo. Suas métricas envolverão, dentre outros itens: número de visitas, sessões únicas, tempo de permanência na página, número de páginas visualizadas por sessão, quantidade de usuários recorrentes, além de métricas de interação como comentários, inscrições, dentre outras.

Se seu objetivo for gerar pedidos de orçamento, além das métricas citadas anteriormente, você deve adicionar as seguintes métricas: número de formulários de orçamento recebidos, taxa de conversão do site.

Já para o objetivo de vendas, adicione também: ROI, Lucro, outra métricas podem envolver: ticket médio, custo por produto, volume de produtos vendidos, dentre outras.

Não vamos entrar em detalhes sobre métricas, pois é um assunto extenso que merece um post só para ele.

Definição de Metas

Uma das principais dúvidas dos iniciantes em marketing digital é como estabelecer metas que sejam realistas.

Como saber se o valor estipulado para a meta seria muito alto a ponto de ser inatingível, ou muito baixo a ponto de ser inutilizado?
Para estabelecer metas digitais de qualidade, você deve recorrer novamente às suas análises de benchmarking. Isso vai ajudar você a estabelecer metas alcançáveis com base em números reais do seu mercado e da concorrência. Algumas das principais referências são: volume de acesso do sites dos seus concorrentes, volume de buscas na internet por aquilo que você vende ou oferece como serviço. A partir desses dados, estabeleça um pareamento do seu resultado com o do concorrente: se seu concorrente está no ar há três anos e possui 100 mil acessos mensais, qual seria a sua meta de acessos para o final do primeiro ano? Pense nisso considerando as peculiaridades do seu setor.

Em alguns casos, o mercado é tão inovador que não é possível tomar os dados de um mercado existente como base. Por isso, se você não tiver concorrentes diretos, terá que esperar para se basear nos seus próprios dados. Inicie as ações digitais e comece a criar um histórico. Este é um momento que exige um pouco de paciência, pois dificilmente você conseguirá bons dados para definir os KPIs antes de completar os 3 primeiros meses de ação. Isso vai ajudar você a entender o comportamento das suas ações e guiará a criação de metas que sejam adequadas e atingíveis.

Você também pode recorrer a dados de mercado atualizados e que podem ser utilizados para se ter uma base nessa fase inicial. Apenas recomendamos verificar com cuidado a veracidade dos dados e se basear em fontes de confiança. Vale ressaltar a importância de sempre nos basearmos em dados concretos nessa fase de estabelecimento de metas, pois as incertezas para novos negócios, bem como as variáveis que podem interferir, já tornam as previsões um tanto abstratas antes de obtermos os primeiros números reais nossos, e devemos evitar que nossas expectativas pessoais influenciem e tornem as metas altas demais ou baixas demais.

Execução

Agora sim. O planejamento estratégico de marketing digital já está muito bem encaminhado.
Já sabemos o que existe no mercado atual, quais são os objetivos que queremos alcançar, quem são as personas com quem vamos dialogar, as métricas que devemos considerar e as metas que iremos perseguir.

planejamento-estrategico-de-marketing-digital-.jpg

 

Hora de pôr mãos à obra e passar todo esse planejamento para o setor de marketing digital da sua empresa ou para a sua agência. Essa estratégia guiará todas as suas ações online, como a estruturação do seu site, a pauta do seu blog, apresentação dos seus produtos, canais de divulgação a serem utilizados, linguagem a ser utilizada para conversar com a sua persona, dentre tantas outras ações.

A B 2 B Social Media®faz um estudo estratégico aprofundado antes de começar qualquer projeto. Agende uma conversa com a gente clicando aqui e conheça nosso método de trabalho com foco em resultados.

 

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Google Analytics – Consultoria, Auditoria e Análises

google-analytics-763x362.jpg

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita utilizada mundialmente como a forma de se coletar informações de visitas, conversões e diversas outras informações sobre um site e seus visitantes. A sua facilidade de uso é um dos seus principais fatores de sucesso, mas, mesmo assim, muitas pessoas precisam de ajuda para conseguir extrair o máximo da ferramenta. A Consultoria em Google Analytics da B 2 B Social Media®  está aqui para te ajudar neste processo.

Planos de Consultoria

O desenvolvimento da Consultoria de Google Analytics aborda 3 tópicos principais, envolvendo Auditoria, Configuração e Análises. Veja mais detalhes abaixo e solicite um orçamento!

 

Orçamento:

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

“E-mail marketing é uma ferramenta online importantíssima para você conseguir comunicar-se com sua audiência de forma segmentada, assertiva e até diminuir a taxa de abandono de carrinho!”

email-marketing-1

 

 

 

E-mail marketing é uma forma muito efetiva de manter a conversa com o seu cliente ativa de maneira assertiva para gerar vendas e aumentar seus leads.Também é trabalhado para aumentar a sua base de contatos e captar novos clientes!Não apenas uma estratégia de comunicação, mas ferramenta muito poderosa para trabalhar a taxa de conversão do seu site, aumentar as vendas do seu negócio, reativar clientes da sua base que estavam esquecidos, enfim, um mundo de possibilidades para conseguir resultados surpreendentes!O que deve ser considerado para obtenção do melhor resultado possível?

Ter uma base de clientes conquistados pela sua empresa

Separação e qualificação da sua base

Teste A/B

Mensuração de resultados

Remarketing

Você não está conseguindo extrair resultados positivos com as suas campanhas?

Consulte-nos para obter mais informações sobre esse serviço.O nosso objetivo é otimizar a sua base para qualificá-la, segmentá-la e trabalhá-la de forma assertiva e ver crescimento do seu ROI.

Você não tem uma base de clientes própria para fazer campanhas de e-mail marketing?

Consulte-nos para saber a melhor forma de conseguir criar uma base de pessoas que queiram falar com você!

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

B 2 B Social Media® | Vinhedo | Valinhos | Itatiba | Campinas & Região Metropolitana | Louveira | Jundiaí | São Paulo & Litoral

‪#‎B2BSocialMedia‬ ‪#‎Vinhedo‬ ‪#‎Valinhos‬ ‪#‎Itatiba‬ ‪#‎Campinas‬‪#‎RegiãoMetropolitana‬ ‪#‎Louveira‬ ‪#‎Jundiai‬ ‪#‎SaoPaulo‬ ‪#‎Litoral‬