Links Patrocinados em Campinas e Região Metropolitana.

IMG_2023.JPG

Links Patrocinados: A forma mais rápida de aparecer na 1ª posição do Google

 

Se você precisa de exposição na internet de forma rápida, para obter resultados a curto prazo, a melhor estratégia de Marketing Digital a ser aplicada é a de Links Patrocinados. Trabalhe com o Google Adwords!

Consultoria de Google Adwords – apareça nas primeiras posições do Google!

Como uma estratégia bem desenhada e campanhas bem setadas, você pode conseguir inserir seu site nas 4 primeiras posições da 1ª página do Google e isso, com certeza, irá ajudá-lo a ter mais visibilidade para o seu site e marca.

Oportunidades perdidas para quem não aparecem na busca do Google:

  • No Brasil já passamos o número de 100 milhões de brasileiros conectados (dados de 2016).
  • Em Janeiro de 2015 o Google tinha mais de  90% do market share no brasil

Ou seja 90% dos brasileiros que buscam coisas na internet usam o Google. São APENAS + 90 MILHÕES DE PESSOAS.

Caso você já invista em Google Adwords, já pensou em revisar as suas campanhas e otimizá-las para obter o melhor resultado possível com a verba investida?

Gerenciando a sua conta, nós conseguiremos estabelecer metas e traçar estratégias para otimizar sua verba e sempre extrair o melhor resultado possível para que seu negócio continue próspero e competitivo.

O que isso significa? Que não basta setar uma campanha de Google Adwords e achar que seu resultado vai aparecer na 1ª posição da 1ª página do Google.

Nos dias de hoje as primeiras posições estão cada vez mais concorridas, e o custo da palavra-chave que você compra pode ser altíssimo, se você não tiver uma campanha muito bem estruturada!

Para obter o melhor resultado, sua campanha precisa estar 100% estruturada e otimizada, seguindo as práticas do Google Adwords, para seus cliques serem mais baratos e gerarem mais conversão.

Nós ajudaremos você nesse desafio. Como?

A B 2 B Social Media ® mais de 13 anos atuando com estratégia de Links Patrocinados, além de sermos parceiros Google!

O que isso quer dizer?

Que nós com inteligência estratégica para seu investimento seja maximizado! Faremos com que suas campanhas tragam tráfego qualificado para seu site, para gerar o máximo de negócios ou vendas possíveis.

Quer saber mais como podemos construir esse caminho de sucesso juntos?

  • Estudo de Mercado
  • Análise de nicho
  • Análise do seu site
  • Análise de Benchmark
  • Set up ou análise da conta
  • Estudo de palavras-chaves
  • Criação de Anúncios
  • Variáveis de Teste A/B
  • companhamento de resultados
  • Otimização campanhas e verba
  • Relatório Analytics
  • Reunião apresentação de Resultados

*Gerenciamento de Mídias & Google | Solicite seu orçamento: (19) 3849-2997 | (19) 99894.9388 wts | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

#B2BSocialMedia #MarketingDigital #Facebook #Instagram #Email#Solucao #Lider #Mercado #Internet #Agencia #Consultoria #Digital#MarketingFusionDigitalGroup #Treinamento #Imobiliaria #MidiasSocial

Anúncios

Faça nosso teste de otimização e descubra se o seu site esta Otimizado! SEO

10729028_654614074661416_2020546258_n

Posicione-se bem no #Google e seja destaque em pesquisas para aumentar o tráfego orgânico para o seu site com #SEO.


Você já reparou que quando um potencial cliente busca seu serviço no Google, Bing Yahoo, nem sempre seu site aparece?
Se os seus concorrentes aparecem na primeira página do Google e o seu site não, eles provavelmente estão investindo em SEO (Search Engine Optimization).

Pare um minuto e faça um teste:

a) Digite o tipo de serviço/produto que você vende no Google. Você aparece na primeira ou segunda página?
b) Digite o tipo de serviço/produto que você vende. Seus concorrentes aparecem na sua frente?

Se você respondeu sim para as primeira e segunda perguntas, entenda o que precisa ser feito para você aparecer nas primeiras páginas dos buscadores.

*Gerenciamento de Mídias – Solicite seu orçamento: (19) 99894.9388 whats | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

#B2BSocialMedia #MarketingDigital #Facebook #Instagram #Email#Solucao #Lider #Mercado #Internet #Agencia #Consultoria #Digital

 

Como fazer um plano de marketing digital para sua empresa neste final de ano!

natal-verao.jpg

A temporada de compras de fim de ano é uma fonte de receita essencial para empresas como a sua, por isso, reunimos algumas dicas para ajudá-lo a planejar as campanhas de anúncios de fim de ano com êxito. Você aprenderá sobre:

  • Importantes tendências das compras de fim de ano de 2016,por exemplo, como os compradores consultam o Facebook e Instagram para conseguir ideias de presentes
  • As quatro fases das campanhas de anúncios de fim de ano,para que você possa aproveitar ao máximo o orçamento de anúncio, mostrando os anúncios certos nos momentos certos
  • Sua lista de tarefas pendentes para obter sucesso durante o fim de ano, que ajudará você a se preparar para a primeira fase de suas campanhas de fim de ano

Pronto para começar com o planejamento de fim de ano?

Guia para planejamento das festas de fim de ano

As compras durante as festas de fim de ano podem representar até 20% das vendas anuais para alguns varejistas1, portanto, planejar e preparar-se com antecedência é fundamental para maximizar o sucesso durante o período das festas de fim de ano. Saiba como se preparar para o sucesso.

Crie um anúncio

Tendências de compras globais para as festas de fim de ano de 2016

Cada vez mais as pessoas estão utilizando recursos digitais, especialmente dispositivos móveis, para se conectar e fazer compras durante o período das festas de fim de ano. Esta é uma visão geral dos hábitos e comportamentos em 17 mercados, com base nos nossos dados de 2015 do Facebook e do Instagram e em um estudo encomendado à Ipsos.
Previous Slide
Next Slide
  • Gerar reconhecimento da marca com campanhas para as festas de fim de ano

    As compras de presentes começam cedo

    Tendência: 40% dos consumidores afirmaram que iniciaram as compras para as festas de fim de ano de 2015 no final de outubro2.
    Ação: planeje já uma campanha de reconhecimento da marca para ajudar a fazer com que as pessoas se lembrem das suas ofertas quando começarem a pensar nas compras para as festas de fim de ano.
    Os compradores usam o Facebook e o Instagram para obter ideias de presentes

    Os compradores usam o Facebook e o Instagram para obter ideias de presentes

    Tendência: os compradores móveis e os membros da geração Y estão mais propensos a usar o Facebook e o Instagram para pesquisas e inspiração para a compra de presentes do que a média da população entrevistada3.
    Ação: o Facebook e o Instagram são fontes importantes de inspiração e pesquisa para a compra de presentes, por isso, veicule seus anúncios nas duas plataformas. Use o posicionamento móvel de anúncios para ajudar a alcançar compradores ocupados que procuram ideias para presentes perfeitos em trânsito.

As quatro fases das campanhas de anúncios para as festas de fim de ano

Embora o planejamento para o período das festas de fim de ano seja fundamental para o sucesso, é importante dividir sua estratégia de marketing em quatro fases para concentrar esforços e usar seus recursos de maneira eficaz. Pense na jornada do cliente como um funil. Comece gerando o reconhecimento da marca e encontrando novos clientes para levar mais pessoas ao funil de compras. Em seguida, mostre a elas anúncios específicos, exibindo seus produtos e serviços para encorajá-las a fazerem uma compra.

1. Gerar reconhecimento da marca

Fase 1: Gere o reconhecimento da marca para as campanhas de anúncios para as festas de fim de ano
Aproveite os meses menos promocionais para criar uma certa dinâmica antes das festas de fim de ano. Comece a gerar reconhecimento hoje mesmo, para que as pessoas lembrem do seu negócio quando começarem a fazer as compras para as festas de fim de ano. Por exemplo, se você tiver um novo produto incrível para lançar em breve, comece a gerar reconhecimento para o produto agora e promova-o posteriormente como o presente perfeito para as festas de fim de ano.
Como alcançar seus objetivos
  • Cronograma: comece agora
  • Direcionamento: Públicos Básicos
  • Principais ferramentas: veicular anúncios no Facebook e no Instagram; redirecionamento de vídeo
  • Formatos de anúncio: imagem, vídeo, apresentação multimídia, carrossel, canvas

2. Encontrar novos clientes

Fase 2: Encontre novos clientes com os Públicos Semelhantes do Facebook
Depois de gerar o reconhecimento, pense em formas de aumentar sua base de clientes. Gerar mais demanda para suas ofertas agora, permitirá que você tenha uma boa base de compradores para os meses seguintes. Por exemplo, um anúncio de lead permite que você colete endereços de email de clientes com interesse em receber boletins informativos sobre suas promoções de presentes para as festas de fim de ano.
Como alcançar seus objetivos

3. Gerar vendas

Fase 3: Gere vendas utilizando os Públicos Personalizados do Facebook
Em outubro, comece a gerar vendas alcançando clientes já familiarizados com a sua marca e que demonstraram interesse em seus produtos e serviços. Por exemplo, crie um Público Personalizado da sua lista de emails de boletins informativos e direcione seus anúncios para esse público com um anúncio em carrossel que mostre várias ofertas que você deseja promover como os presentes perfeitos para as festas de fim de ano.
Como alcançar seus objetivos

4. Fazer remarketing para os clientes mais valiosos

Fase 4: Faça remarketing para os clientes mais valiosos com o Público Personalizado
Em novembro, além do direcionamento para os seus segmentos de Público Básico, dê início ao remarketing para os seus clientes mais valiosos, para ajudar a obter vendas adicionais durante os meses com maior movimento de compras para festas de fim de ano. Por exemplo, crie um Público Personalizado dos visitantes do seu site; em seguida, faça o redirecionamento para esse público com anúncios exibindo produtos nos quais seus clientes possam estar interessados ou anúncios que gerem instalações do seu aplicativo móvel para estimular o envolvimento no aplicativo.
Como alcançar seus objetivos
  • Cronograma: novembro – dezembro
  • Direcionamento: Públicos Personalizados dos visitantes do seu site e de usuários do seu aplicativo móvel
  • Principais ferramentas: Públicos Personalizados do seu site, redirecionamento
  • Formatos de anúncio: carrossel, anúncios dinâmicos, imagem

Sua lista de verificação de preparação para as festas de fim de ano

Construa uma base sólida. Essas tarefas ajudarão a configurar uma experiência de usuário contínua para seus possíveis clientes e garantirão a você a base certa para um redirecionamento eficaz durante o período das festas de fim de ano.

Invista em dispositivos móveis

Crie uma experiência de compra móvel otimizada, desde o seu criativo de anúncio à sua experiência de finalização de compra.

Identifique os seus principais segmentos de público

Use as Informações do público para obter mais detalhes sobre os dados demográficos, localização, interesses, dados psicográficos e padrões de compra dos seus clientes atuais e em potencial.

Instale o pixel do Facebook e o SDK do Facebook

A implementação do pixel do Facebook e doSDK do Facebook permitirá a você medir e otimizar, bem como criar públicos para suas campanhas de anúncios.

Distribua o seu orçamento

Defina um orçamento para que suas campanhas estejam sempre ativas, fazendo também um planejamento para dias especiais de grande volume, como a Black Friday, e crie ofertas com incentivos a compras de fim de ano e prazos com envio grátis.

Comece a criar suas campanhas de reconhecimento da marca

Veicule anúncios de vídeo com o objetivo de reconhecimento da marca para ajudar a desenvolver sua marca. Crie um Público Personalizado com as pessoas que assistiram ao seu vídeo. Posteriormente, redirecione seus anúncios para esse público, exibindo suas ofertas para gerar compras.

Crie seu plano de medição

Determine quais métricas são importantes para você e decida quais metas você deseja alcançar. Além disso, use testes A/B para ajudá-lo a identificar quais criativos de anúncios têm melhores resultados.

*Gerenciamento de Mídias – Solicite seu orçamento: (19) 99894.9388 whats | http://www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

“Remarketing é uma estratégia poderosíssima de branding e conversão, mas para isso há que ser criadas campanhas bem coerentes para você não ser chato com a sua audiência. ”

Google_Ecommerce_Remarketing_Retargetting.jpg

Remarketing é uma forma muito eficaz para você manter na cabeça do internauta o nome da sua marca viva. Por quê?

Digamos que você conseguiu atrair um potencial cliente para seu site. Ele olhou os produtos que você tem, mas acabou indo embora.

Como você faz para conseguir falar de forma mais assertiva com esse internauta;- que aparentemente não sabemos quem é e o que fez no seu site?

Através dos cookies! Ou seja, o internauta ao acessar o seu site, recebe um cookie.

Mesmo que ele tenha acessado inúmeras páginas ou apenas uma, fica no registro de navegação dele o caminho todo que ele fez dentro do seu site.

Tendo essas informações, conseguimos criar campanhas para que as empresas consigam se comunicar com esses possíveis clientes de forma mais assertiva, pois:

  1. 1Ele já acessou o seu site, ou seja, já sabe quem você é!
  2. 2Ele já olhou os produtos ou serviços que você vende, já sabe preço, se atende ou não, etc. Sua empresa não é uma completa estranha dentro do universo online desse internauta.
  3. 3Ele pode estar fazendo pesquisa de preço. Acessará não somente o seu site, mas de alguns dos seus concorrentes…

Tendo todos esses 3 passos já esclarecidos:
1) Nós não queremos perder espaço para o concorrente
2) Também não queremos que ele esqueça do nosso site

Comunicar-se com esse internauta de forma inteligente é muito menos impossível do que você imagina.

Nós não queremos que você saia perseguindo as pessoas que acessaram o seu site por todos os outros canais disponíveis por aí, como muitas empresas fazem. No entanto, achamos eficiente estabelecer uma conversa inteligente com elas.

Quando estabelecido essa relação, as conversões aumentam, os clientes não se sentem amolados, e seu negócio sai lucrando ainda mais!

remarketing

 

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

‪#‎B2BSocialMedia‬ ‪#‎B2B‬ ‪#‎Contratacao‬ ‪#‎Curriculum‬ ‪#‎Analista‬ ‪#‎MidiasSociais‬‪#‎InboundMarketing‬ ‪#‎Gerenciamento‬ ‪#‎Congresso‬ ‪#‎Facebook‬ ‪#‎Google‬‪#‎Partners‬

8 dicas de redes sociais para corretores

BlogMidiasCorretores_26082013_SemLogo1.png

As redes sociais são muito mais do que uma tendência, elas chegaram para ficar e, queira ou não, você precisa aprender a lidar com elas. Por isso, no post e no vídeo vamos dar algumas dicas de redes sociais para corretores de imóveis.

As redes sociais são um canal poderoso de informação e de comunicação, utilizadas pelos mais variados segmentos de negócio para gerar resultado. No mercado imobiliário as possibilidades para o uso de redes sociais são inúmeras, pois elas tem grande potencial para gerar novos contatos e promover os imóveis de uma carteira.

Quer se beneficiar das redes sociais também? Então confira nossas dicas, pensadas especialmente para os corretores de imóveis.

1. Estar nas redes sociais é fundamental

Com certeza a maioria das pessoas que você conhece está em alguma rede social. Da mesma forma, a maioria das pessoas que você gostaria de alcançar para mostrar sua carteira de imóveis também. Por isso, em 2016, estar nas redes sociais não é mais uma escolha, é uma necessidade.

2. Cuide da sua imagem profissional nas redes sociais

A imagem que você vai passar nas redes sociais é a sua imagem como profissional e você não pode descuidar dela. Assim como você deve cuidar da forma como se apresenta aos seus clientes pessoalmente, deve cuidar também dasimpressões que você causa na internet.

Por isso, nos seus canais profissionais, evite conteúdos que possam ser polêmicos, ofensivos ou de mal gosto. Aproveite o canal para mostrar coisas positivas e de cunho estritamente profissional. Resista à tentação de manifestar-se em relação a temas como política, futebol e religião.

3. Qualidade é diferente de quantidade

Você não precisa estar em um monte de redes sociais ao mesmo tempo para seguir as tendências. O mais importante é o quanto você vai conseguir se dedicar a gerar conteúdo e atender nessas redes. Por isso, lembre-se que menos e mais e prefira estar em menos redes, mas com um trabalho mais consistente.

4. Aposte nos vídeos

Os vídeos vieram pra ficar na internet. A expectativa é que em 2019, 80% do tráfego na internet seja de vídeos. Mais que uma grande tendência, os vídeos são especialmente úteis para o mercado imobiliário, pois permitem que os interessados consigam ver detalhes dos imóveis, ajudando a diminuir visitas e contatos improdutivos.

5.Estar nas redes sociais é atender nas redes sociais

A partir do momento que você criar seu perfil nas redes sociais, esteja disposto a ter mais um canal de atendimento, pois as pessoas vão começar a usar esse canal para se comunicar com você. Por isso, programe-se para fazer esses atendimentos com agilidade.

6.O tempo nas redes sociais

Redes sociais têm tudo a ver com timing, ou seja, com a sua capacidade de atender no tempo certo – aquele momento em que seu potencial cliente está ali, disposto a interagir com você. Quando uma pessoa faz um contato por uma rede social, ela espera uma resposta logo, por isso seja ágil.

7.Redes sociais são tão importantes quanto telefone

Não pense que os contatos que chegam pelas redes sociais são desqualificados, muito pelo contrário. Dedique aos contatos das redes sociais a mesma atenção que você dedicaria a clientes que fazem contato por outros canais. Para que você possa prestar um atendimento mais completo, leve este interessado para uma conversa por e-mail, em que você poderá manter um registro melhor da conversa.

8.Mantenha contato profissional

Não é porque você tem contato com as pessoas nas redes sociais que pode encaminhar qualquer coisa pra ela. Lembre-se, ela fez contato porque tinha interesse em algum tipo de imóvel específico, então use essa informação para se comunicar com elas. Jamais envie correntes, mensagens motivacionais, piadas ou qualquer outro tipo de coisa que não tenha a ver com o que a pessoa procura.

Como você pode ver, o sucesso nas redes sociais depende basicamente da sua dedicação e bom senso. Sempre lembre que você está usando esse canal para fins profissionais e que bons negócios podem ser gerados por meio destes contatos.

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Como gerenciar uma loja virtual

32 (1)

Um guia com as tarefas mais importantes do dia a dia de quem vende online

Então, você finalmente abriu sua loja virtual e tornou-se um empreendedor. Eba!

Mas e agora, o que vem por aí?

Vem o dia a dia e a necessidade de manter uma loja virtual funcionando perfeitamente ao mesmo tempo que concentra esforços em colocar uma marca lá fora e fazer com que as pessoas a conheçam e se identifiquem com ela. Esse costuma ser o primeiro impasse na história de todo mundo que está começando: “Como é que eu vou dar conta disso tudo + minha vida + outro trabalho + minhas horinhas de procrastinação na internet??” Pensando nisso, montamos esse guia de gerenciamento de uma loja virtual, para te ajudar a não perder nada de vista e organizar melhor todas as atividades – desde administrar o estoque e os pedidos a postar no feice e cobrar escanteio já correndo pra cabecear.

 

Tarefas Operacionais (ou: “Dessas você não consegue escapar”)

Essas são as tarefas do dia a dia e costumam ser inadiáveis, porque delas depende a saúde financeira da sua loja virtual. No começo, como você ainda não tem 200 pedidos por dia (ou tem, vai saber?), fica mais fácil se organizar para dar conta de tudo em poucas horas e concentrar mais esforços na parte de divulgação. Com o tempo, a tendência é que tudo se inverta e você passe a cuidar mais de mais pedidos por dia. O que não pode, em hipótese alguma, é relaxar demais e esquecer de oferecer uma boa experiência de compra. Nesse caso, o que acontece é você perder todos os clientes com o tempo, e não é o que queremos.

 

Estoque e Catálogo

Recomenda-se abrir uma loja virtual mesmo que seu catálogo não seja enorme, porque muito do desenvolvimento dos produtos que estarão à venda pode acontecer quando você já está vendendo, já que consegue medir melhor o que seu público-alvo prefere. Então, o gerenciamento de catálogo e estoque no começo é bem mais tranquilo. Algumas atividades que você precisa realizar periodicamente são:

  • organizar as categorias da loja: recomenda-se fazer isso pelo menosmensalmente. Acesse sua loja virtual e passe um pente fino pelas categorias e produtos. Dá pra entender tudo? É fácil encontrar os produtos nesse esquema? Lembre-se de que os clientes tendem a se sentir sobrecarregados quando veem mais de 10 categorias numa loja virtual e, aí, dificilmente acessam todas elas, deixando de conferir todo o catálogo da sua loja.
  • contar e conferir o estoque: toda semana, é legal conferir seu estoque físico e fazer um balanço de quantos produtos saíram, quantos continuam lá e conferir tudo com o cadastro do produto na sua loja virtual. Aproveite para pensar num bom sistema de organização e registro desses itens (com o maravilhoso código de produto) e confira se há alguma coisa que não tem saído das prateleiras – pode ser uma boa hora para alguma promoção ou desconto!
  • pesquisar e desenvolver novos produtos: essa tarefa é menos frequente, mas você precisa tê-la em mente o tempo todo. Vá ligando os pontos entre produtos mais populares na sua loja + tendências do mercadoproblemas do consumidor que você pode solucionar e procure estar sempre desenvolvendo novos produtos que atendam a esses pontos.

 

Gerenciamento de pedidos, envio e logística

Essa parte é meio básica de todo comércio varejista – mas você, lojista virtual, tem a vantagem de já ter um sistema todo informatizado para gerenciar seus pedidos (na minestore, por exemplo, você vê todos os pedidos organizados por status e já consegue fazer download da etiqueta com o endereço do cliente para mandar o produto pelo correio). Mesmo assim, o gerenciamento e envio de pedidos é uma tarefa periódica bem importante e para a qual você precisa reservar tempo e concentração. Já imaginou mandar os pedidos todos errados e depois ter que gastar o dobro para reenviar as coisas (e gastar lábia para convencer os clientes de que seu negócio, mesmo depois disso, é profissional?).

Confira direitinho qual é a modalidade de envio e organize bem o que vai por transportadora, correios, bike messenger, o que tem frete grátis ou não etc. Nesse ponto, também se concentram esforços preciosos defidelização dos clientes. Seja legal com quem comprou e vai receber um produto pelo correio: uma embalagem bem feita, um bilhete escrito à mão para agradecer a compra… aqui, ser gentil é bem fácil e garante um retorno muito legal.

Notas fiscais e tarefas burocráticas

Quanto mais profissional for se tornando o negócio, mais atenção você precisa dar à formalização da sua loja virtual. Normalmente, se você tem uma loja virtual com CNPJ – seja dentro do Simples ou como Microempreendedor Individual – precisa saber quando deve emitir notas fiscais e como deve organizar tudo. Nesse momento, bater à porta de alguma contabilidade para tirar todas as suas dúvidas pode ser uma boa ideia, já que cada negócio tem suas particularidades e assim, à sua maneira, você pode encontrar o melhor método de ser um orgulhoso empresário.

Aqui, também é importante dar uma atenção ao seu negócio como um negócio mesmo. Pode se sentir bem tio-da-bodega: pega um caderno para registrar entradas e saídas, faz um balanço de caixa, anote todos os gastos e investimentos e tenha mais noção de onde você está investindo seu dinheiro, porque o que você faz aí é importante. Por mais que seu negócio seja uma loja virtual toda antenada com a internet & business & social medias & enterprises, tem muita coisa que ainda é old school e não pode ficar de fora.

Tarefas de Divulgação (ou: “Vem cá comprar, vem”)

Nessa aventura de equilibrar duzentos pratos ao mesmo tempo que é tocar uma loja virtual, todos os esforços de divulgação do seu negócio não podem ser deixados para trás. Primeiro porque o único jeito de vender é direcionar visitantes para o seu website, e segundo porque ainda que manter os clientes antigos seja muito bom, conquistar novos clientes é legal pra caramba. 

Atualização das Redes Sociais

Primeiro de tudo, precisamos lembrar que por mais que sua loja virtual seja nova e precise de divulgação, melhor que querer estabelecer presença digital em todas as redes sociais e não cuidar direito de nenhuma é focar em algumas social medias e fazer um bom trabalho nelas. O trabalho de promoção nas redes sociais também é periódico e deveria ser pelo menos semanal, mas depende muito de qual rede social você está utilizando e de quais são os hábitos dos seus clientes, o que só dá pra descobrir com o tempo (mas tem que começar a pesquisar já). Além disso, você precisa analisar as redes sociais o tempo todo para determinar quando é hora de promover algum post e pagar por anúncios por lá.

O legal das redes sociais é que você pode aproveitar datas comemorativas e assuntos da moda (porém cuidado, muito cuidado com essa coisa de fazer memes!!!!) para as postagens, além de ser um meio legal de entrar em contato com os clientes. Reserve um tempo para pesquisar o nome da sua loja e ver o que as pessoas estão falando dela, responder comentários positivos (e os negativos também) e dar aquela fidelizada.

Blog e Newsletter

Blogs, quando bem feitos, são um instrumento poderoso para direcionar acessos à sua loja virtual, principalmente porque eles aparecem bem melhor nas ferramentas de busca. Então, um tempinho dedicado ao blog da sua loja virtual pode ser um jeito bem barato de conseguir mais clientes. Uma coisa que pode até demorar um pouco mais no começo mas, sem dúvidas, poupa bastante tempo e esforço depois é montar um plano de conteúdo para o blog, baseado nas necessidades do público-alvo, e depois postar pelo menos uma vez por semana (acredite, um post bom por semana já resolve muita coisa).

A newsletter, aliada ou não ao blog, também é um jeito de estreitar os laços com o cliente. Já que é bem mais pessoal chegar à caixa de entrada de email das pessoas, é necessário fazer por merecer toda essa confiança e pensar em um conteúdo especial e exclusivo, com boas fotos e, vez ou outra, um código promocional que garanta um descontinho e incentive mais compras. Além disso, os esforços para conseguir mais assinantes também devem estar no seu radar. A newsletter pode ser até semanal, mas é melhor diminuir a frequência (para mensal, por exemplo) e garantir uma coisa bem feita do que mandar qualquer coisa só porque precisa cumprir o protocolo.

Fidelização de clientes

Essa é uma tarefa que está embutida em todas as anteriores, mas preferimos dar uma espaço só pra ela porque você não pode alegar que não sabia. Seu negócio depende deles, então é muito melhor usar de gentileza (= largar mão de ser muquirana e miserável) e conquistar mais clientes fiéis do que tratar todo mundo mal e ficar se perguntando “por que meu negócio não vai para a frente?”. E só.

Tarefas de Balanço (ou: “Que que tá pegando?”)

Essa é mais uma seção tio-da-bodega, em que você realmente se dá conta de que tem um negócio e precisa se comportar como um pequeno empresário para que tudo dê certo. A vantagem é que, aqui, além do balanço nos livros-caixa, há várias tarefas digitais e internéticas que precisam ser feitas.

Análise de Métricas

Nessa hora, o Google Analytics é o seu melhor amigo (e, se você ainda não tem ele configurado em sua loja virtual, corra!). Ao menos uma vez por semana, mas principalmente uma vez por mês, com cuidado e atenção, rastreie todos os dados possíveis sobre os acessos e comportamento dos usuários na sua loja virtual, nas redes sociais, blog e newsletters. Aí, faça aquele joguinho de tentar ligar os pontos: por que esse post teve mais compartilhamentos? por que esse produto vendeu mais do que aquele? por que os clientes adicionam produtos ao carrinho mas não fecham a compra?

Vale até falar diretamente com alguns desses clientes para entender melhor as origens do comportamento. De posse de todos esses dados e depois de fazer algumas análises, você pode entender melhor o que tá pegando com sua loja virtual. Assim, fica bem mais fácil planejar outras ações de promoção, desenvolver novos produtos ou pensar em alguma modificação no tema da sua loja. Esse tipo de ajuste fino vai continuar, muito provavelmente, para sempre, então acostume-se e tente tirar o melhor das informações obtidas sobre seu ecommerce.

Metas e Planos de Negócio

Pelo menos uma vez por ano, puxe da gaveta seu Plano de Negócios e veja o que se concretizou ou não de todos os sonhos que você tinha, há um ano atrás, para a sua loja virtual. Essas tarefas de balanço são meio motivacionais (pois é, não é só perto do Natal que você fica pensando na vida) e ajudam a determinar novas metas, correr atrás do que ainda não aconteceu ou reformular tudo, porque você se encontrou em outro caminho totalmente diferente.

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Agora a B2B Social Media faz parte do Marketing Fusion Group!

MktFusion

dow1

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br