Consultoria de Marketing Digital

entrevista_julia

A B 2 B Social Media® é uma agência  de Consultoria de Marketing Digital híbrida. Nós atendemos empresas que possuem um time interno de marketing digital e também empresas que precisam de braços operacionais para tocar as ações digitais.

Somo especializados no seguintes Segmentos de Business:

  • Marketing Digital para Startups

  • Marketing Digital para Empresas Estrangeiras com sede no Brasil e ou com a intenção de entrar no território brasileiro

Quem precisa dos nossos serviços?

Empresas que estão começando um negócio, criando um site e/ou precisam aumentar sua divulgação.

Nós prestamos assessoria de marketing digital para pequenas e médias empresas, e traçamos uma estratégia operacional com base em cada modelo de negócio, oferecendo soluções customizadas para cada situação!

Nós fazemos análises estratégicas para:

a) trazer cada vez mais tráfego qualificado para o seu site

b) fazer com que você consiga fechar mais negócios através do Marketing Digital. Para atingir esse objetivo, utilizamos de todas as ferramentas ou fontes de tráfego disponíveis on line.

As mais conhecidas são marketing de busca (Google e outros sites de busca) e redes sociais.

Faça uma avaliação completa de sua presença na web e saiba qual é a melhor estratégia de posicionamento online

A nossa Visão

Ser reconhecidos, nos segmentos de Startups e Empresas Estrangeiras, como referência para definição e desenvolvimento de Estratégias de Marketing Digital , cujos resultados possam ser quantificáveis e mensuráveis.

A nossa Missão

Fornecer, para Clientes com clara Visão de crescimento a Médio e Longo Prazo, Consultoria Estratégica, utilizando as ferramentas mais atualizadas de Marketing Digital e técnicas de Lean Start-Up.

Os nossos Valores:

  • O Conhecimento não tem dono.
  • A Palavra vale mais do que qualquer Contrato.
  • Se atualize sempre. Estude, Estude, Estude.
  • A única maneira de saber se uma ideia está certa ou errada é testando. (Leap of Faith)
  • A diferença entre um sonho e um projeto é uma data. (Walt Disney)

Consultoria de Marketing Digital: Leading You to The Top!

*Gerenciamento de Mídias & Google | Solicite seu orçamento: (19) 3849-2997 | (19) 99894.9388 wts | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

Plataforma gratuita simplifica e potencializa métricas de campanhas digitais

hq720

O avassalador crescimento da penetração do mundo digital na vida das pessoas gerou uma nova perspectiva para a propaganda, incluindo a possibilidade de trabalhar com a imensidão de dados gerada através do comportamento dos usuários nos mais diversos canais. Se por um lado a mídia programática veio para ajudar a acertar um target agora muito mais fragmentado e multiplataforma, por outro, o trabalho das agências e anunciantes para estruturar toda essa informação e gerar insights ficou mais complexo. Este é o cenário que serviu de inspiração para o nascimento da Keep.i, que se posiciona como a primeira plataforma self-service de mídia integrada do Brasil.

Totalmente gratuita e juntando em um mesmo lugar os resultados e informações de performances individuais de canais como Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram, Bing, Adwords e as principais DSP’s (Demand-Side Platforms), a solução já está disponível para agências de publicidade, empresas e empreendedores dos mais variados segmentos. O projeto foi desenvolvido pelos mesmos fundadores da Programind Media Intelligence, consultoria que desenvolve soluções tecnológicas para campanhas publicitárias.

A startup brasileira surgiu através da percepção de mercado de seus sócios, que entre as suas características e bagagens, trazem um perfil híbrido de tecnologia, business e mídia. “Através da nossa empresa de consultoria Programind, que é o guarda-chuva do Keep.i, vimos que era possível simplificar a visão dos resultados  de campanhas de forma integrada e em tempo real. Trabalhando para algumas agências, achávamos retrógrado ver o cliente investir muito dinheiro e receber uma planilha do Excel, passível de erros humanos, com dados e cruzamentos que geravam insights limitados”, afirma Roberto Cabrera, co-fundador da empresa, ao lado Anderson Garcia e Renato Rabelo.

Desde sempre, a ideia da plataforma era atacar um problema que parecia sintomático em mídia programática: se a compra de espaço ficou mais rápida e otimizada, o mercado também começou a depender de diferentes soluções para gerar métricas separadas para os mais diferentes canais, dificultando a visão estratégica mais holística das campanhas. “Através do dashboard da Keep.i, de maneira simplificada, é possível reunir em um mesmo lugar informações sobre conversões, custos, impressões, investimentos, cliques, CPC (custo por clique), CTR (Click Through Rate), origens dos acessos, dados geográficos e outros dados, tudo isso na mesma tela, na aba ‘Performance’”, explica Cabrera. A plataforma ainda conta com a aba “Engajamento”, que permite visualizar pessoas alcançadas, menções coletadas, público (masculino e feminino), sentimento e outros. Todos os dados podem ser impressos ou exportados para arquivos em Excel.

Preocupados em suprir todas as lacunas dos profissionais que trabalham com métricas e planejamento estratégico de mídia, antes de dar inicio ao projeto, os sócios foram aprimorando as possibilidades da ferramenta a cada feedback trazido das reuniões com agências e anunciantes. Desde o lançamento da plataforma, o Keep.i já liberou mais de 1,2 mil solicitação de uso. Na primeira semana do aplicativo, validado em fevereiro, os usuários criaram mais de 600 dashboards. “O melhor da ferramenta é permitir que os usuários consigam otimizar e focar os esforços de marketing em inteligência, criação, relacionamento e não em questões operacionais”

*Gerenciamento de Mídias – Solicite seu orçamento: (19) 99894.9388 whats | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

#B2BSocialMedia #MarketingDigital #Facebook #Instagram #Email#Solucao #Lider #Mercado #Internet #Agencia #Consultoria #Digital#MarketingFusionDigitalGroup #Treinamento #Imobiliaria#MidiasSocial

Faça nosso teste de otimização e descubra se o seu site esta Otimizado! SEO

10729028_654614074661416_2020546258_n

Posicione-se bem no #Google e seja destaque em pesquisas para aumentar o tráfego orgânico para o seu site com #SEO.


Você já reparou que quando um potencial cliente busca seu serviço no Google, Bing Yahoo, nem sempre seu site aparece?
Se os seus concorrentes aparecem na primeira página do Google e o seu site não, eles provavelmente estão investindo em SEO (Search Engine Optimization).

Pare um minuto e faça um teste:

a) Digite o tipo de serviço/produto que você vende no Google. Você aparece na primeira ou segunda página?
b) Digite o tipo de serviço/produto que você vende. Seus concorrentes aparecem na sua frente?

Se você respondeu sim para as primeira e segunda perguntas, entenda o que precisa ser feito para você aparecer nas primeiras páginas dos buscadores.

*Gerenciamento de Mídias – Solicite seu orçamento: (19) 99894.9388 whats | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

#B2BSocialMedia #MarketingDigital #Facebook #Instagram #Email#Solucao #Lider #Mercado #Internet #Agencia #Consultoria #Digital

 

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência

img000021-169-20160129-144313

Spam de Referência de Idioma no Google Analytics

Se você utiliza o Google Analytics para análise da audiência do seu site ou blog, deve ter notado ultimamente a presença de picos anormais no painel “visão geral do público-alvo”.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

Estes picos podem ser ocasionados por spams enviados por robôs ou sites mal intencionados, que aparecem definidos como um idioma. Os valores destes spams devem ser desconsiderado se você deseja conhecer a audiência real do seu site ou blog.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

Veja os principais spams de referência que estão invadindo o Google Analytics:

  • Secret.ɢoogle.com You are invited! Enter only with this ticket URL. Copy it. Vote for Trump!
  • o-o-8-o-o.com search shell is much better than google!
  • Google officially recommends o-o-8-o-o.com search shell!

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual DicasComo eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

Acessando o idioma na visão geral do Google Analytics, podemos observar o pico de visualizações, mas que na verdade são valores de ataques de spams ao aplicativo.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

Assim, estes spams de referência atrapalham nossa percepção e análise da audiência real dos nossos sites e blogs. Neste artigo vamos mostrar como filtrar estes spams e visualizar valores reais de audiência dos nossos sites ou blogs…

Filtrando dados do Google Analytics

1) Na sua conta do Google Analytics vá para [ADMINISTRADOR].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

2) Na coluna “Vista da Propriedade”, clique em [Filtros].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual DicasComo eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

3) Clique no botão [+ADICIONAR FILTRO].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

4) De um Nome do Filtro qualquer e clique no botão [Personalizado].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

5) Selecione [Excluir]. Em Selecionar campo, escolha [Configurações de idioma].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

6) No campo Padrão de Filtro cole a seguinte expressão:

.{15,}|\s[^\s]*\s|\.|,|\!|\/

Observação: A expressão acima utilizada no filtro resultará no bloqueio de todos os tipos de padrões que não definem um tipo de idioma, ou seja, todos os possíveis spams. Entretanto, o Google Analytics já vem executando alguns filtros automáticos, e portando, nestes casos, não verificaremos  o spam nos resultados.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

6) Clique no link [Verificar este filtro]

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

7) Veja o resultado da verificação de filtro. Observe que o spam Secret.ɢoogle.com You are invited! Enter only with this ticket URL. Copy it. Vote for Trump! não aparece no resultado, pois provavelmente o filtro já está sendo executado automaticamente pelo Google Analytics. Clique no botão [Salvar].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

8) Pronto, o seu filtro já está configurado. Clique no link do Nome do filtro para editar e em [remover] para excluir totalmente o filtro. Após 24 horas os dados de todos spams definidos através do padrão de filtro não serão mais captados e armazenados pelo Google Analytics.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual DicasComo eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

É importante salientar que o filtro começará funcionar apenas após 24 horas e que os dados dos spams já armazenados no Google Analytics não poderão mais ser excluídos. Desta forma, sugerimos que você utilize segmentos de filtro para visualizar os dados anteriores sem mostrar os valores computados pelos spams.

Visualizando dados anteriores ao filtro

1) Na sua conta do Google Analytics vá para [ADMINISTRADOR] e selecione [Segmentos].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual DicasComo eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

2) Clique me [+NOVO SEGMENTO].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

3) Clique em [Condições].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

4) Clique em [Idioma].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

5) Altere para [correspondente exatamente a] e selecione o primeiro span: Secret.ɢoogle.com You are invited! Enter only with this ticket URL. Copy it. Vote for Trump!

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

6) Clique no botão [OU] para acrescentar outro spam do Google Analytics.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

7) Adicione todos itens que não fazem parte do padrão de idiomas.

image

8) Altere para Excluir.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

8) Finalizado a configuração dos itens, coloque um nome qualquer para o filtro e clique no botão [Save].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual DicasComo eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

9) Pronto, o filtro de segmento está concluído.

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

10) Volte para Relatórios e clique em [+Adicionar segmento].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

11) Selecione a caixa do seguimento que você criou. No nosso exemplo usamos: Sem spams de idioma (valores reais). Clique no botão [Aplicar].

Como eliminar spam do Google Analytics e obter valores reais de audiência - Visual Dicas

12) Pronto, agora poderemos visualizar a audiência livre de spams de referência de idioma.

 

B 2 B Social Media® Helping Companies to Generate Revenue | Strategic Planning | Digital Marketing & Inbound


More inf: (19) 99894.9388 whats | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

 

Sua imobiliária quer investir em campanhas de e-mail marketing? Vá em frente!

5d6967b4-de81-4293-87f4-908f57b392bb-original

Montando uma boa lista de e-mail para suas campanhas de marketing digital

Quando bem planejadas, geram boas taxas de conversão, cobrindo inclusive todo o investimento feito. E-mail marketing continua sendo uma estratégia das mais pedidas tanto pelo baixo investimento, quanto pelo seu poder de poder de segmentação. O cliente é estimulado a fechar a compra com sua imobiliária, em virtude do perfil de interesse específico que o e-mail atingiu.

Contato de qualidade é muito importante para aumentar o seu negócio. Além de captar bons contatos, o principal é manter relacionamento com esses leads. Eles também ajudam na multiplicação dos seus serviços e dos seus imóveis entre o seu círculo de amizade. Se a impressão de sua empresa for boa, ele só vai replicar boas coisas.

Fuja de listas compradas. Na maioria das vezes os contatos são inválidos e não atingem um público que realmente tenha interesse em imóveis. Isso além de gerar um trabalho desnecessário, pode trazer má reputação para a sua imobiliária.

Construa uma lista de e-mails própria, autêntica, composta de possíveis interessados em imóveis. Entre eles inclua seus potenciais clientes, aqueles que visitam feiras, showroom de imóveis ou móveis planejados, financiamento imobiliário. Aquele cliente ou interessado que já fechou um negócio com você ou esteve em negociação tem a possibilidade de gerar novos negócios ou através de indicações.

Prática que deve ser sempre obedecida nos envios de campanhas é que o contato tenha a possibilidade de escolher permanecer ou não em sua lista através do opt-out, isto é, descadastramento.

Outras ações são indispensáveis, conheça um pouco mais sobre elas. O seu site também deve ser favorável à captação de contatos com aba para “Fale Conosco” e inscrição para receber as newsletters. Suas landingpages, que são páginas voltadas para a conversão, devem contar com botão de CTA (calltoaction) pedindo dados para contato. O seu blog precisa oferecer espaço para comentários. Enfim, um trabalho de marketing concebido para a captação de contatos.

Mas como conseguir tantos contatos assim? Por que um interessado se cadastraria em meu site? Uma boa alternativa para isso é entregar valor e conteúdo em troca de informações de contato: pode ser um e-book, notícias do blog, recebimento de lançamentos e oportunidades exclusivas e etc.

Outra boa ideia é a criação de webinários online sobre um assunto que a sua imobiliária domine. Tenha contato com especialistas em áreas afins como design de interiores, jardinagem, otimização de espaços, organização de ambientes, dicas de financiamento, informações sobre condomínios. Promova palestras online com esses profissionais. Sempre que você dá um benefício ao seu público, você terá um bom crédito com ele, afinal de contas você lhe entregou algo de bom. Ok, planejou o evento? Envie o convite para que o seu público possa se inscrever. Quem vai entrar em contato com você? Pessoas interessadas em casa, apartamento, etc.

Depois que você criou uma boa lista de contatos, o importante agora é segmentá-la. Uma boa dica de campo para incluir no seu formulário é saber se o interesse é em apartamentos ou casas, idade e se o interessado é solteiro ou casado. A partir desses dados você poderia enviar campanhas direcionadas para público solteiro que busca comprar o primeiro apartamento ou então para casais que aumentam família e precisam de imóveis maiores. E assim, dezenas de segmentações.

Os horários de envios de campanhas também devem ser monitorados: momento em que as pessoas abrem seu e-mail para trabalhar, na chegada ao trabalho e no retorno do almoço são sempre boas apostas.

Aproveite seus contatos, interaja, movimente o mercado e fortaleça a sua marca.

**Gerenciamento Google / Facebook – Solicite seu orçamento: (19) 99894.9388 whats | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

#B2BSocialMedia #MarketingDigital #Facebook #Instagram #Email#Solucao #Lider #Mercado #Internet #Agencia #Consultoria #Digital#Budget #MercadoImobiliario #Google #SEO

Como criar uma estratégia de conteúdo que realmente impulsiona o tráfego orgânico

gopro-1

Somente o marketing de conteúdo não vai te proporcionar um tráfego orgânico. Marketing de conteúdo empregado estrategicamente vai proporcionar o tráfego que você precisa.

Mas como fazer para criar uma boa estratégia de conteúdo? Se seu objetivo é impulsionar o tráfego orgânico, qual estratégia específica você deveria utilizar para construir a quantidade certa de tráfego orgânico?

Nesse artigo eu explico em detalhes o processo de criação de estratégia de conteúdo que vai direcionar o tráfego certo. Começa com a pesquisa de público-alvo e determinando a melhor forma de conteúdo, criando um padrão de frequência, adaptando o estilo ao seu público-alvo e focando nas palavras-chave que seu público-alvo pesquisa online.

Se envolvendo nesse processo e repetindo isso, você será capaz de desenvolver uma estratégia poderosa que produz quantidade constante de tráfego orgânico. Vamos começar.

Etapa 1: Criar buyer personas.

Existe apenas um lugar apropriado para começar todo esse trabalho: procurando seu público-alvo. Seu conteúdo precisa ser sobre algo que os compradores se interessem em ler. Então, antes de você começar a criar conteúdo, você precisa descobrir quem são seus clientes-alvo. Que tipo de pessoa você quer que leia seu conteúdo? O melhor jeito de obter um conhecimento profundo sobre seu público é criando buyer personas.

Buyer personas são representações fictícias e generalizadas dos seus clientes ideais. Elas ajudam você a entender melhor os clientes e facilitam na adaptação do conteúdo de acordo com a necessidade, comportamento e interesse específico desses clientes.

Criar a buyer persona requer pesquisa de mercado e insights que você obtém dos seus conteúdos de base. Parece assustador, mas eu prometo, na verdade é divertido.

Observe esse simples modelo abaixo (você pode baixa-lo aqui, em inglês). Completar isso é simplesmente uma questão de preencher os espaços em branco e responder algumas perguntas.

buyer-persona-template

Veja um exemplo de como uma buyer persona deve ser:

 

buyer-persona-sample-sally

 

 

Esta é apenas uma das poucas questões que você vai responder sobre suas buyer personas (aprenda como criar buyer personas detalhadamente aqui).

Etapa 2: Criar uma lista de palavras-chave baseada nas buscas frequentes das sua buyer persona.

É o seu público quem determina tudo sobre seu conteúdo, a substância, a forma, o estilo e, o mais importante, o tópico. Se você quer obter tráfego orgânico a partir do seu marketing de conteúdo, você precisa cobrir os tópicos buscados pelo seu nicho. É simples:

  1. Seu público alvo pesquisa algo.
  2. Você cria conteúdo para o que eles estão pesquisando.
  3. Você obtém trafego orgâ

Colocar em prática também é bem simples. Você simplesmente precisa descobrir o que seu público está procurando. Veja como.

1) Conheça seu nicho.

Primeiramente, você precisa ter um amplo conhecimento sobre a área que você estálidando. Quanto maior for o seu conhecimento no seu nicho, mais eficiente você irá se tornar ao criar conteúdo sobre aquele campo.

2) Esolha cinco longtail keywords que seu público está pesquisando.

Baseado no seu conhecimento sobre seu nicho, escolha cinco tópicos, ou longtail keywordsmais pesquisadas pelo seu público. Como estamos discutindo os tópicos em nichos, eles devem ser relativamente restritos.

Por exemplo, “iphone” não é uma boa palavra-chave. Você precisa ser mais específicos pois as pessoas consumem conteúdo que é criado exatamente para seus nichos. “iPhone fotografia” é mais de um nicho. Com esse nicho você pode ter uma longtail keyword como “ferramenta de fotografia de iPhone” ou “fotografia de paisagem para iPhone.” Cada um destes poderiam ser usados como categoria para post em blog.

Por exemplo, usando esses dois tópicos, você pode escrever alguns artigos de blog como:

  • Cinco melhores opções de edição de foto do Instagram para melhorar as fotos do iPhone (tópico: ferramenta de fotografiaiPhone)
  • Lista das dez melhores ferramentas de edição de foto para (tópico: ferramenta de fotografia iPhone Photography Tools).
  • Encontrando o melhor momento do dia para fotografar paisagem com seu iPhone (tópico: Fotografia de paisagem com iPhone)
  • Com encontrar pontos para tirar fotos de perspectiva aérea pelo (tópico: Fotografia de paisagem com iPhone)

3) Mergulhe fundo em alguns desses tópicos.

Quando você acerta em um tópico que seu público realmente gosta, você pode se permitir gastar mais tempo e recursos criando conteúdo que se vá ainda mais fundo nesse tópico. Por exemplo, as palavras-clave de cauda longa (em inglês) “Ferramenta de fotografia para iPhone” pode te dar uma série de bons tópicos adicionais para e-books, webinars, podcasts e outros.

Etapa 3: Identifique qual tipo de conteúdo sua buyer personas mais gosta.

O motivo pelo qual você está criando essas buyer personas é determinar o tipo de conteúdo que seu público-alvo quer. A maioria dos empreendedores utiliza uma ampla variedade de tipo de conteúdo. Dê uma olhada na variedade de tipo de conteúdo que as empresas utilizam para proposta de marketing, de acordo com uma pesquisa da Econsultancy:

chart-5

Empresas que têm mais sucesso em marketing e conteúdo utilizam uma ampla variedade de diferente abordagem de conteúdo. Uma média de 15 diferentes abordagens, de acordo com o Content Marketing Institute.

Agora, você deve estar disposto a usar e experimentar diferentes formas de conteúdo, mas você também deve escolher um deles.  Seu público e seu nicho particular vai gravitar sobre um certo tipo de conteúdo, e é exatamente nesse tipo de conteúdo que você deve focar mais os seus esforços do seu marketing de conteúdo. Vamos mergulhar um pouco mais fundo em alguns dos mais comuns tipos de conteúdo onde você pode encontrar seu nicho:

  1. Blogging. Eu recomendo que todo empresário use essa variedade de conteúdo, porém, para algumas empresas, blogging pode decolar e acabar virando a principal fonte de leads qualificados. Se blogging é o seu segmento, certifique-se de que você está otimizando suas postagens de blog para pesquisa.
  2. Visuals. Adicionar infográficos e um forte impulso visual, dependendo do seu público, também é importante. Uma marca como a GoPro tem um componente visual muito forte e eles têm aproximadamente 3 milhões de seguidores no Instagram. Vá em frente, ainda tem câmera à venda!
  3. E-mail. Alguns dos especialistas em conteúdos são focados em e-mail. Ramit Sethi, um Assessor pessoal de finanças e empreendedor, gera quantidades enormes de receita a partir da sua engajada lista de e-mail. Ao invés dos usuários comentarem em seu blog, ele simplesmente os responde por e-mail, como uma forma de interaçãPara Sethi, esse método é perfeito.
  4. Webinars. Esse método não funciona para todo mundo, mas alguns empreendedores encontram um grande valor nisso.
  5. Rede Social. Não é toda empresa que tem um blog ou newsletter, mas talvez eles estejam em todas as redes sociais. Eu conheço algumas empresas que encontraram seu público-alvo no Twitter ou no Google+. Essas companhias divulgam uma grande quantidade dos seus esforços em conteúdos na rede social.
  6. Vídeos. Vídeos não são tão fáceis de retirar, e talvez requeira um pouco mais de investimento de tempo e recursos, mas quando eles são realmente bons, são arrebatadores. Eu trabalhei com clientes cujo o único método de criação de conteúdo era vídeo. Seus canais no YouTube levantaram receita, atraíram clientes e venderam produtos e serviços.
  7. Audio. O recurso de podcasts pode ja ter atingido seu pico, mas essa forma de conteúdo anda está viva e bem. O BiggerPockets, um site de direcionamento de conteúdo, atende profissionais do ramo imobiliário, do tipo que passa a maior parte do tempo dirigindo seus carros perto de propriedades. Eles ostentam um dos podcasts mais populares no iTunes.

Para descobrir o tipo de conteúdo em que você deve focar, tenha em mente essas questões:

  • O que suas buyer personas pesquisam no Google?
  • Qual é a intensão deles por trás dessas pesquisas?
  • Qual tipo de problemas eles estão tentando resolver?
  • Que tipo de conteúdo faze les pararem, clicar, e consumir?

Lembre-se, seu público decide qual tipo de conteúdo você produz. Talvez você tenha mais preferência por um tipo de conteúdo do que por outro, mas você não é seu público alvo. Permita que os consumidores destes conteúdos decidam qual forma de conteúdo publicar.

Etapa 4: Com tempo, desenvolva um estilo e personalidade que seja atraente para seu público.

Marcas realmente bem sucedidas têm seu próprio estilo e personalidade. É o mais importante, ainda que não quantificável aspecto de uma marca.

Pense sobre suas próprias experiências: você provavelmente se está sempre se direcionando à pessoas que gostam de você. Da mesma forma, pessoas que são similares a você tendem a gostar de você e querem sair com você.

Assim também é com marketing de conteúdo, seja B2B ou B2C. Os consumidores de conteúdo se direcionam a uma personalidade similar à sua própria personalidade e caráter. Apenas saber o tipo de conteúdo que os seus clientes querem não é o suficiente, vocêprecisa também descobrir estilo que eles gostam.

GoPro é um bom exemplo bem sucedido de estilo e personalidade. Ele atende um público ativo, animado e ansioso para mostrar suas experiências ao ar livre, então, intencionalmente eles adotaram um estilo de conteúdo que se encaixa no seu público. O seu popular canal no Instagram mostra conteúdos gerados por usuários de pessoas fazendo muitas atividades, coisas animadas, sempre envolvendo surf, paraquedas ou capacete de proteção.

 

 

RedBull tem uma abordagem bastante parecida. Eles não atendem um público monótono. Éexatamente por isso que o canal deles no YouTube é viral e intenso. Não espere por vídeos calmos e relaxantes. Todos os conteúdos oferecidos por ele é intenso de muita energia. Afinal, eles são uma bebida energética.

red_bull

Etapa 5: Estabeleça um padrão de frequência de conteúdo.

Até aqui você já descobriu quem é seu público, o que eles querem e como eles vão obter isso. Agora você precisa descobrir com que frequência isso vai acontecer.

1) Descubra com que frequência postar baseado no tipo de conteúdo que você está utilizando.

A frequência de post de blog vai ser diferente da frequência de atualização do Twitter. Falando de uma maneira geral, quanto mais um tipo de conteúdo exige esforço e recursos, menos frequente você estará produzindo.

A pirâmide de marketing de conteúdo de Curata é uma maneira útil de determinar a frequência com que você deve postar e os tipos de conteúdo. Tudo gira em torno dos resultados que você obtém a partir da quantidade de esforço que você coloca na criação do conteúdo.

cm_pyramid

2) Determine a frequência postagem baseado no seu público alvo.

Você também precisa ter seu público em mente. Quando eles vão acessar seu conteúdo? Com que frequência? Quando eles estarão mais dispostos a ver? Quando é mais conveniente para eles assistir o seu webinar?

3) Faça um calendário.

Uma vez que você determinou a frequência do seu marketing de conteúdo baseado no tipo de público, você precisa se programar. Eu sou um grande fã de automação, tanto em postagem de blog quanto em mídia social. Planejar isso é a melhor maneira de executar com sucesso.

Aplicativos como o Hubspot Social Inbox permite que você estabeleça momentos precisos para postar nas redes sociais.

Sem uma consistente e estratégica programação você não pode esperar atrair seu público alvo e ganhar tráfego orgânico.

E Agora?

Uma vez que você passou por todo esse processo, faça-o novamente. Lembre-se, você não vai obter centenas de milhares de visitantes após apenas algumas semanas de marketing de conteúdo. Ganhar tráfego orgânico é um processo lento e sistemático. Você se empenha, se refina e continua mantendo isso.

Qual tipo de estratégia de marketing de conteúdo você utiliza para ganhar tráfego orgânico?

 

Gerenciamento de Mídias – Solicite seu orçamento: (19) 99894.9388 whats | www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br

16 Novembro 2016 // 10:59

Como criar uma estratégia de conteúdo que realmente impulsiona o tráfego orgânico

Escrito por Neil Patel | @

Estratégia de Marketing Digital: Imprescindível para atingir os melhores resultados

estrategias-de-marketing-digital-no-comercio-eletronico-745x410.png

Quando se trata de gerar tráfego, muito se fala sobre conteúdo de qualidade, backlinks e outros aspectos do SEO. Essas etapas são todas fundamentais. No entanto, elas não atingirão o seu máximo potencial de performance se não existir um trabalho estratégico de marketing digital antes de tudo isso. Parece óbvio, não é? Mas muita gente ainda ignora essa fase de análise estratégica.

Atualmente existe muito conteúdo online sobre como gerar tráfego e fazer SEO, e uma porção de pessoas – da área de marketing digital e também de outras áreas – consomem esses conteúdos e saem aplicando como se isso fosse suficiente por si só.

Então quer dizer que o simples fato de descobrir a palavra-chave cauda longa ideal e saber escrever um bom conteúdo é o suficiente? Na maioria dos casos, infelizmente não. E nessa sede de escrever um conteúdo maravilhoso, alguns sites e blogs acabam se esquecendo do próprio leitor.

Mas para que serve um conteúdo maravilhoso se seus leitores não conseguem encontrá-lo na web? E se eles encontrarem o seu post, mas não tiverem interesse em lê-lo? E se eles lerem o seu post, isso significa que estão mais propensos a comprar o seu produto, entrar em contato com você ou voltar a visitar o seu site? E como garantir que você está fazendo o máximo para minimizar todos esses problemas?

Calma. Não é tão difícil assim, e muitos gestores já vêm fazendo isso há muito tempo. O que você precisa fazer é começar a tratar o seu site e suas páginas como se fossem seus produtos.

Sim. O seu site e o seu conteúdo não deixam de ser um produto seu, como qualquer outro produto de sua empresa. Sendo assim, é essencial fazer o estudo estratégico, planejamento, execução, e divulgação desse conteúdo, para poder colher e, principalmente, mensurar ótimos resultados depois.

estrategia-de-marketing-digital.jpg

Planejamento Estratégico de Marketing Digital

Neste post vamos falar especificamente da parte de Planejamento Estratégico. Caminhe conosco por entre todas as etapas necessárias dessa fase de planejamento e saiba por que elas são essenciais para a execução.

Análise de Benchmarking

A primeira fase do planejamento estratégico digital consiste em conhecer a sua concorrência, saber o que existe lá fora, para entender o que funciona e o que não funciona para o seu público alvo.

A análise de benchmarking vai ser útil para que você possa planejar e fazer ainda melhor do que a concorrência, ou mesmo procurar um espacinho azul neste oceano de competidores, ou seja, procurar ou inventar um local sem – ou ao menos com não tanta – concorrência. Esse espaço pode ser um mercado novo ou mais inovador, com melhores prestações de serviços, melhor atendimento ao cliente, algo que seja mais a frente da concorrência, mesmo sabendo que é um desafio muito grande no atual cenário online.

Definição de Objetivos

Se você está colocando todo esse esforço em construir um ambiente online e construir uma audiência, provavelmente você possui um objetivo bem claro sobre o que quer atingir com isso. Seu site ou blog não deixam de ser canais de comunicação, e saber qual é a função desse canal, para que ele existe, e o que você espera dele é essencial para que seu objetivo seja bem estabelecido.

E não basta saber qual é este objetivo. Precisamos escrevê-lo para manter o foco e a disciplina e, em alguns casos, destrinchá-lo em alguns objetivos menores – objetivos para o curto, médio e longo prazo, mesmo que esse longo prazo para você seja 12 meses. Só assim, você conseguirá saber se o seu site ou blog está trazendo resultados ou não.

Qual é o objetivo maior de seu site ou blog? É vender algum item? É receber mais formulários de contato? É criar consciência de marca? Não se esqueça de especificá-lo o máximo possível.

Se o seu objetivo for melhorar a consciência de marca, especifique qual exatamente é a consciência de marca que você deseja criar. É possível que você já tenha essa parte do estudo realizada. Você pode tomar como base a estratégia institucional da sua empresa, e a consciência de marca já adquirida pelo seu público que já consome nas lojas ou no mundo offline em geral.

Lembre-se que tudo o que você fizer no site será planejado de forma a conduzir ao alcance deste objetivo.

Definição da Persona

Agora que você já sabe o que seus concorrentes estão fazendo e qual é o seu objetivo, podemos partir para o terceiro passo do planejamento de marketing digital, que é definir quem é a persona que você quer atingir.

A persona é uma espécie de personagem fictício que poderia representar um consumidor real para o seu site ou blog. Se você tiver um estudo de segmentação e posicionamento da sua empresa, ele será muito útil nesta hora. A intenção aqui é criar indivíduos, que chamamos de “personas”, que representarão o seu mercado alvo. Normalmente cria-se entre 3 a 5 personas diferentes.

O grande objetivo dessa fase é tentar entender a fundo as características desses indivíduos, seu estilo de vida e suas motivações pessoais, para que possamos conversar com eles da forma mais adequada e personalizada. Procure entender a dor da persona, suas necessidades, desejos e estilo de vida. Pense em como essa pessoa age e se sente ao passar pelas diferentes etapas do funil de conversão de marketing. Você usará este estudo para estruturar seus conteúdos no futuro.

Mas como definir a persona? Recomendamos um estudo profundo de como construir essas personas, mas deixamos aqui alguns tópicos que não podem faltar na hora desse estudo.

1º – Defina um nome para a persona, idade, estado civil, cidade onde mora e outros dados demográficos
2º – Tente se colocar no lugar dessa pessoa e responder: qual seria o objetivo de vida dessa persona? Quais são os valores? Quais são os hobbies e atividades que ela pratica? Quais são os medos e receios? Como ela se vê no futuro? Qual é seu estilo de vida?
3º – Defina quais são as necessidades e problemas dessa persona ao passar pelas seguintes fases do processo decisório:
Descoberta do problema,
Busca de soluções,
Avaliação das alternativas
Decisão final para solução do problema dela.

Pronto. Agora você já está íntimo da sua persona e já pode planejar o conteúdo com toda a empatia e simpatia em relação a ela.

Definição de Métricas

Para identificar se você está conseguindo atingir o seu objetivo ou não, você precisará definir muito bem quais são as métricas a serem usadas e as metas a serem atingidas.

Por exemplo, se o seu objetivo está relacionado a divulgação de marca, sua intenção é expor o site ao maior número possível de pessoas dentro do seu mercado-alvo. Suas métricas envolverão, dentre outros itens: número de visitas, sessões únicas, tempo de permanência na página, número de páginas visualizadas por sessão, quantidade de usuários recorrentes, além de métricas de interação como comentários, inscrições, dentre outras.

Se seu objetivo for gerar pedidos de orçamento, além das métricas citadas anteriormente, você deve adicionar as seguintes métricas: número de formulários de orçamento recebidos, taxa de conversão do site.

Já para o objetivo de vendas, adicione também: ROI, Lucro, outra métricas podem envolver: ticket médio, custo por produto, volume de produtos vendidos, dentre outras.

Não vamos entrar em detalhes sobre métricas, pois é um assunto extenso que merece um post só para ele.

Definição de Metas

Uma das principais dúvidas dos iniciantes em marketing digital é como estabelecer metas que sejam realistas.

Como saber se o valor estipulado para a meta seria muito alto a ponto de ser inatingível, ou muito baixo a ponto de ser inutilizado?
Para estabelecer metas digitais de qualidade, você deve recorrer novamente às suas análises de benchmarking. Isso vai ajudar você a estabelecer metas alcançáveis com base em números reais do seu mercado e da concorrência. Algumas das principais referências são: volume de acesso do sites dos seus concorrentes, volume de buscas na internet por aquilo que você vende ou oferece como serviço. A partir desses dados, estabeleça um pareamento do seu resultado com o do concorrente: se seu concorrente está no ar há três anos e possui 100 mil acessos mensais, qual seria a sua meta de acessos para o final do primeiro ano? Pense nisso considerando as peculiaridades do seu setor.

Em alguns casos, o mercado é tão inovador que não é possível tomar os dados de um mercado existente como base. Por isso, se você não tiver concorrentes diretos, terá que esperar para se basear nos seus próprios dados. Inicie as ações digitais e comece a criar um histórico. Este é um momento que exige um pouco de paciência, pois dificilmente você conseguirá bons dados para definir os KPIs antes de completar os 3 primeiros meses de ação. Isso vai ajudar você a entender o comportamento das suas ações e guiará a criação de metas que sejam adequadas e atingíveis.

Você também pode recorrer a dados de mercado atualizados e que podem ser utilizados para se ter uma base nessa fase inicial. Apenas recomendamos verificar com cuidado a veracidade dos dados e se basear em fontes de confiança. Vale ressaltar a importância de sempre nos basearmos em dados concretos nessa fase de estabelecimento de metas, pois as incertezas para novos negócios, bem como as variáveis que podem interferir, já tornam as previsões um tanto abstratas antes de obtermos os primeiros números reais nossos, e devemos evitar que nossas expectativas pessoais influenciem e tornem as metas altas demais ou baixas demais.

Execução

Agora sim. O planejamento estratégico de marketing digital já está muito bem encaminhado.
Já sabemos o que existe no mercado atual, quais são os objetivos que queremos alcançar, quem são as personas com quem vamos dialogar, as métricas que devemos considerar e as metas que iremos perseguir.

planejamento-estrategico-de-marketing-digital-.jpg

 

Hora de pôr mãos à obra e passar todo esse planejamento para o setor de marketing digital da sua empresa ou para a sua agência. Essa estratégia guiará todas as suas ações online, como a estruturação do seu site, a pauta do seu blog, apresentação dos seus produtos, canais de divulgação a serem utilizados, linguagem a ser utilizada para conversar com a sua persona, dentre tantas outras ações.

A B 2 B Social Media®faz um estudo estratégico aprofundado antes de começar qualquer projeto. Agende uma conversa com a gente clicando aqui e conheça nosso método de trabalho com foco em resultados.

 

Conheça mais os nossos serviços: (19) 99894.9388 ou Whatsapp |www.b2bsm.com.br | denys@b2bsm.com.br